Um casal especial


Ontem fomos à casa da Daniele e do Márcio, para um churrasco de despedida. Como é o primeiro churrasco que vamos na casa deles desde que eles se casaram, fica engraçado ser um churrasco de despedida. A despedida, claro, é nossa que em duas semanas viajamos em mudança.

A Daniele é prima da Carina, e o Márcio, seu marido, é um grande amigo. Antes mesmo deles se casarem a gente já saía juntos. Naquela época, sair junto significava chamar alguém para jantar em nossa casa, já que não tínhamos dinheiro para sair.

Eles são aquele tipo de casal feito um para o outro. Daniele, advogada, é cheia de argumentos e explicações. Márcio, arquiteto, é um cara tranquilo, boa praça, nunca se mete em confusão. É muito divertido ver os dois juntos, principalmente quando um assunto polêmico entra em cena.

Certo é que o carinho deles é uma constante em nossas vidas, já há alguns 17 anos. A Daniele, muito gentilmente, ofereceu-nos um churrasco para nos alegrarmos em tom de despedida. Tudo bem que alegria e despedida não andam de mãos dadas, mas festa a gente não perde. Somos gratos por toda esta atenção e carinho.

A Dani reclama muito que meu blog é cheio de fotos de amigos e que ela, como amiga e prima, deveria também estar presente. É claro que ela tem razão e hoje eu estou corrigindo isto.

O churrasco estava delicioso e a companhia ainda mais. Alguns parentes vieram de Manhuaçu, tornando o momento ainda mais precioso.

Acabei não tirando muitas fotos, o que é uma pena. Sei que vou ouvir um tanto por causa disto…

A Andréia, sua irmã, é uma pessoa maravilhosa. Sempre sorridente, leva uma vida pesada dando plantões e plantões em Manhuaçu. Muito preocupada com seus pequenos pacientes, se sobrecarrega no serviço pediátrico. É muito bom conversar com a Andréia, pena que temos tido muito pouco tempo para isto.

Como toda festa bacana tem crianças, esta tinha muitas. Os meninos aproveitaram muito, correram e fizeram bagunça.

Também não faltaram os papais corujas que queriam sair na foto com suas graças. Pena que faltou a mim inspiração e técnica e poucas fotos saíram sem tremer ou no foco. Nesta eu fiquei devendo.

No olhar do super cunhado a gente percebe que a hora está chegando. Vamos sentir falta. E aproveitar ao máximo enquanto estamos aqui!!!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.