Um passeio por Ouro Preto


No feriado da Proclamação da República resolvemos almoçar em Ouro Preto. Não tínhamos muito tempo para passar mas valeu a oportunidade de levar o pessoal de São Paulo para conhecer nossa cidade histórica mais famosa.

Logo na chegada impressiona a arquitetura antiga e derrubada. Aos poucos o clima montanhês e barroco amenizam o impacto inicial. Na praça principal, cheia de gente apesar da chuva, muita coisa interessante para ver, conhecer e fotografar. É preciso um bocado de criatividade para sair do lugar comum.

Havia muita névoa (ou será neblina?) que deixou o clima bem aconchegante. Pena que eu estava sem blusas e de bermuda. Demos uma volta ao redor da praça e deu para pegar umas imagens interessantes de igrejas distantes.

Tive dificuldade para fotografar esta igreja de alguma forma interessante. Achei que este telhado trouxe cor e quebrou a monotonia da paisagem verde.

Realmente as construções vão avançando e ocupando o visual. É uma pena mas parece inevitável.

Há uma igreja ao lado da praça principal. Algumas cenas de arquitetura antiga contrastam com a modernidade, ainda que esta se revista de uma fachada mais antiga.

Se não fosse pelos detalhes dourados a igreja desapareceria neste céu tão branco de nuvens. Há uns detalhes interessantes na fachada da igreja, que alguns acreditam conter detalhes de ouro. Eu tenho minhas dúvidas.

A fome já apertava e alguns restaurantes tinham fila que ia do segundo andar até a rua. Não havia condições de esperar tanto tempo. 

Achamos um restaurante aconchegante e com preços razoáveis. Conseguimos um lugar próximo à janela, o que  me permitiu algumas fotos das fachadas vizinhas. 

Fotos à janela enquanto esperávamos a feijoada chegar também fizeram parte do almoço.

Voltando para o carro eu tirei algumas fotos do prédio do Museu de Ouro Preto. É um desafio, pelo menos para mim, conseguir algo interessante do exterior de um prédio

De qualquer forma, parece imponente.

As ruas são bastante estreitas e fica difícil trafegar em mão dupla.

A viagem foi curta mas agradável. Belos cenários na montanha, belas casas de aparência antiga, um tanto de história para conhecer e contar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.